O módulo robô Philae realiza um pouso histórico no cometa 67P/Churyumov-Gesasimenko

O módulo Philae pousou nesta quarta-feira (12/11/2014), às 14h03 (horário de Brasília), na superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko.
Este cometa foi descoberto em 1969 e estava a aproximadamente 500 milhões de quilômetros de distância da Terra no momento do pouso.

Copyright: ESA/Rosetta/Philae/ROLIS/DLR

A imagem acima mostra o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko durante a descida do módulo Philae.
Esta imagem foi realizada pelo instrumento Rolis do módulo robô que estava a uma distância de cerca de 3 km a partir da superfície. O local de pouso foi fotografada com uma resolução de cerca de 3m por pixel.

A 10 anos atrás, em 2 de março de 2004, a Agência Espacial Européia (ESA), lançou da base de Kourou, na Guiana Francesa, no topo de um foguete Ariane 5 G+, a sonda espacial Rosetta o qual transportava o módulo robô chamado Philae.

Os principais objetivos da missão são o estudo da composição elementar, isotópica, mineral e molecular do cometa, a caracterização das propriedades físicas da superfície e do subsolo, a estrutura em larga escala, o ambiente magnético e o plasma do núcleo do cometa.

Mais informações sobre a missão Rosetta nos endereços abaixo:

http://blogs.esa.int/rosetta/
http://www.esa.int/ESA